Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007

Olho-te ...

Olho-te  como se fosses o meu tudo,

Tu sonhas com a mudança,

Porque eu não mudo


P.S. Muitas saudades de vocês todos desculpem a Ausência
Publicado por Moonlight_Isabell às 17:01

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
11 comentários:
De Pequenita a 26 de Outubro de 2007 às 14:40
entrada em grande querida amiga...saudades....
De sedução a 31 de Outubro de 2007 às 12:00
quando se ama verdadeiramente tudo pode mudar 'a nossa volta...mas o sentir permanece com a mesma chama, com a mesma força...
E a vida torna se o espelho...onde reflectimos a nossa imagem para o encontar, o nosso amor.

beijo meu
De Arte de Amar a 2 de Novembro de 2007 às 16:52
Nao me esqueço de ti ;) abraço querida .

Vem...
Que te espero... nua...
Não mais ha lugar para o pudor...

Vem...que te quero, nu...
Fecha-me os olhos com teus beijos,
faz-me sonhar com teus desejos...
Faça-me mulher com teu ardor...

Vem...
Que quero agora
acariciar teu corpo levemente,
beijar-te os lábios, sofregamente...
Sugar tua seiva com minha
boca quente...

Deixar-me penetrar por teu furor...
Vem...
que sou mulher,
te quero homem,
vem...
deixa-me viver esta fantasia
de amor...

Desejos de um fim de semana cheio de amor :)

Beijos
Arte de Amar
www.intimomisterio.blogs.sapo.pt
De nomadaaa a 5 de Novembro de 2007 às 23:04
ai... Como eu entendo esse todo.

Gostei deste espacinho :)

Beijinho *
De Secreta a 14 de Novembro de 2007 às 14:42
Mudar pode não ser a verdadeira solução ...
Beijito :)
De Arte de Amar a 16 de Novembro de 2007 às 14:00
Os olhos são o espelho da alma.
E se isso, verdade é,
deixe-os serem a janela,
e veja por um instante
minha alma de mulher.

Vê a borboleta
que em doces volteios
acaricia suave, seus cabelos?

São meus dedos.

Feche os olhos e sinta.
Ao som suave da brisa,
minhas carícias que
vão lhe envolvendo.

Sinta o toque na pele,
que traçando seu rosto
vai descendo mansinho
em direção ao seu peito.

São meus beijos.

Sente o roçar pela cintura,
como asas de libélula voejando?
É minha língua.
Vou adentrando.

Das vestes, já liberto,
sinta o tempo de agosto
que vai molhando seu corpo.

Estou provando seu gosto.

Segure de leve, pressionando,
minhas ancas
transformadas em rédeas,
enquanto vou cavalgando.

Fica assim...
Parado a sentir
o veludo húmido lhe envolvendo.

Você está dentro de mim.

Rápido...
Vem comigo!
Vamos chegar ao fim...

Agora abra lentamente seus olhos.
Sinta a vida transformada
em seiva que de seu corpo flui.

Não me procure.
Como a tarde dessa primavera

Eu já fui...


Beijinhos na boxexa
Bom Fim de Semana
Arte de Amar
www.intimomisterio.blogs.sapo.pt
De blueshell a 17 de Novembro de 2007 às 17:35
Regressei...de vez...acho!
Um beijo azul cristalino...
BlueShell
De Arte de Amar a 28 de Novembro de 2007 às 11:51
SAUDADES :(

Vem.
Ocupa com teu corpo esse abrigo que te chama. Volta a ser minha morada,
teu abrigo
Faz de mim tua caverna, t
eu porto seguro.
Faz do meu corpo teu ninho.

Kiss na boxexa
Arte de Amar
www.intimomisterio.blogs.sapo.pt
De Arte de Amar a 30 de Novembro de 2007 às 10:34
O gosto da tua pele
sal impregnado em meus lábios
que me mata de sede
à beira da fonte dos teus prazeres.

O teu gosto na minha boca
mel que sacia meus desejos
na hora derradeira
do medo de te perder
em meio aos lençóis.

O teu cheiro impregnado
no meu corpo
perfume raro que nem a chuva
leva de mim...


Bom Fim de Semana com Arte de Amar
Kiss na boxexa
www.intimomisterio.blogs.sapo.pt
De arte de amar a 7 de Dezembro de 2007 às 12:07
Não sei o que é mais gostoso:
E expectativa e a ansiedade
da ante-véspera do amor,
O colorido e o abandono
do momento cósmico do orgasmo
ou a lassidão e os espasmos de prazer
no repouso de teus braços.

beijocas na boxexa
Bom fim de Semana
Arte de Amar

Comentar post

.Luares OnLine

online

.Eu....Moonlight

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Últimos Raios Lunares

. Perdida

.Musica


.Selo

Moonlight.JPG


cape_cod_II.jpg

.Luares Antigos