Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2007

Amor, pois que é palavra essencial

Amor – pois que é palavra essencial
comece esta canção e toda a envolva.
Amor guie o meu verso, e enquanto o guia,
reúna alma e desejo, membro e vulva.

Quem ousará dizer que ele é só alma?
Quem não sente no corpo a alma expandir-se
até desabrochar em puro grito
de orgasmo, num instante de infinito?

O corpo noutro corpo entrelaçado,
fundido, dissolvido, volta à origem
dos seres, que Platão viu completados:
é um, perfeito em dois; são dois em um.

Integração na cama ou já no cosmo?
Onde termina o quarto e chega aos astros?
Que força em nossos flancos nos transporta
a essa extrema região, etérea, eterna?

Ao delicioso toque do clitóris,
já tudo se transforma, num relâmpago.
Em pequenino ponto desse corpo,
a fonte, o fogo, o mel se concentraram.

Vai a penetração rompendo nuvens
e devassando sóis tão fulgurantes
que nunca a vista humana os suportara,
mas, varado de luz, o coito segue.

E prossegue e se espraia de tal sorte
que, além de nós, além da prórpia vida,
como ativa abstração que se faz carne,
a idéia de gozar está gozando.

E num sofrer de gozo entre palavras,
menos que isto, sons, arquejos, ais,
um só espasmo em nós atinge o climax:
é quando o amor morre de amor, divino.

Quantas vezes morremos um no outro,
no úmido subterrâneo da vagina,
nessa morte mais suave do que o sono:
a pausa dos sentidos, satisfeita.

Então a paz se instaura. A paz dos deuses,
estendidos na cama, qual estátuas
vestidas de suor, agradecendo
o que a um deus acrescenta o amor terrestre

 

Carlos Drummond de Andrade

Publicado por Moonlight_Isabell às 11:08

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
10 comentários:
De Juli Ribeiro a 10 de Janeiro de 2007 às 17:33
Isabell :

Linda postagem!
Drummond é maravilhoso!
E falando de amor:
"O amor não está nos olhos,
o amor é uma luz no coração"
(Gibran)
Seu blog está um encanto!
Parabéns pelo bom gosto
e criatividade.

Um beijo.*Juli*
De Secreta a 15 de Janeiro de 2007 às 10:29
Amor , amor , amor ...
Excelente poema.
Beijito.
De Lover a 15 de Janeiro de 2007 às 22:58
Ui, só love, só love... Espero que esteja mesmo assim, só love dos bons e sinceros... Beijo grande... mesmo sem tempo, lá consigo uns minutos pra te ler depois de um dia em cheio de trabalho! Tu mereces! Beijão!
De Frustad@ a 16 de Janeiro de 2007 às 18:51
O amor sente-se...é algo inesplicavel...
Gostei...belo blog....
De Shadow a 17 de Janeiro de 2007 às 11:37
Mesmo sem net, venho só pra te dar um beijo grande... Continua assim uma mulher linda e apaixonada... até breve lindona!
De Broken a 18 de Janeiro de 2007 às 09:33
Olá Isabel,

Desculpa a minha ausência, mas tenho andado afastada de tudo e de todos.

Falas no amor. Será que sabemos falar de outra coisa que não este sentimento que nos atormenta e faz cometer as loucuras mais deliciosas da vida?!

Pois é, debruçada neste tema, lancei-me num novo blog http://amar_de_mais.blogs.sapo.pt , onde dou continuidade aos meus anteriores. Espero a tua visita.

Jinhos
De oteudoceolhar a 18 de Janeiro de 2007 às 23:27
Tanto se diz, tão se descreve, tantas as palavras, nada como o fazer ;)...Beijo n´oteudoceolhar, continuação de boa semana **
De eva a 19 de Janeiro de 2007 às 11:11
Ola Isabell

Continua lindo o teu blog... com muito amor sempre!

musica linda, poema e imagem fascinante como a pessoa que és... há quem diga que os olhos são o espelho da alma...

aqui não vejo os olhos... mas consigo ver a alma.

muitos beijinhos
De Hélder a 21 de Janeiro de 2007 às 14:24
Oi Moonlight!
Obrigado pela visita e pelo comentário! Só hoje consegui retribuir!
O poema está muito fixe!!
Beijinhos e bom resto de fim-de-semana!
De BlueShell a 24 de Janeiro de 2007 às 12:08
Hoje é mais um dia triste. Há 2 anos atrás perdi o meu pai…a saudade e a dor são avassaladoras…
BShell

Comentar post

.Luares OnLine

online

.Eu....Moonlight

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Últimos Raios Lunares

. Perdida

.Musica


.Selo

Moonlight.JPG


cape_cod_II.jpg

.Luares Antigos